Foto da Aeronave por Carlos P. Valle C. via JetPhotos com mapa via OA4DTU.

Na noite de quinta-feira passada, 9 de julho, uma aeronave que partiu de Santiago do Chile para prestar serviço de ambulância aérea para transportar um paciente que estava na Ilha da Páscoa, perdeu a comunicação com o Serviço de Controle Aéreo a mais de 1.000 milhas náuticas do continente. Por conta disto, o piloto mudou para a frequência da Rede Peruana de Socorro nos 40 metros em 7.100 kHz.

Embora a rodada já tivesse sido encerrada minutos antes, os colegas Guillermo OA4DTU (Perfil no facebook do colega), comandante da rodada e Giancarlo OA4DSN ainda permaneciam sintonizados na frequência, e assim o piloto da aeronave conseguiu entrar em contato com Guillermo. Ele explicou sua situação, que era causada por conta de uma aparente falha em seus equipamentos de comunicação por satélite, e pediu apoio para se comunicar via telefone com Controle Aéreo Oceânico, serviço do governo do Chile que faz o monitoramento do espaço aéreo de 32 milhões de km quadrados no oceano Pacífico que banha a costa do Chile.

Feita a ligação, o Controle Oceânico mostrou-se surpreso e aliviado pelo apoio na comunicação, uma vez que realmente se encontravam em uma situação de alerta pela perda do contato com a aeronave e que a estação HF da Torre Ilha da Páscoa se encontrava inoperante nesse momento, razão pela qual não era possível a comunicação por essa via.

No total, foram realizadas cerca de 10 chamadas telefônicas para pôr em contato a aeronave e o Controle Aéreo de forma a atualizar as diferentes posições e horários da sua rota, além de algumas indicações para os pilotos. Outros colegas peruanos estiveram atentos e prontos para se colocar em ação se necessário, acompanhando Guillermo no contato e na aeronave até saber que esta chegaria ao destino.

Finalmente, às 23:30 horário local (04:30 UTC) aproximadamente, a aeronave informou que conseguiu entrar em contato via VHF com a torre de controle da Ilha da Páscoa, confirmando as instruções de descida e pouso na ilha.

A alegria e satisfação de todos que se encontravam em frequência foi absoluta. A isto foi somado o fato de que, minutos depois de perdido o contato por HF, o piloto enviou mensagem a Guillermo por telefone agradecendo pelo apoio e também uma fotografia da aeronave, já em solo na pista Mataveri, aguardando o paciente para ser transferido para Santiago do Chile.

O apoio à aeronave durou cerca de 3 horas, desde o primeiro contato até a sua chegada ao destino. Da mesma forma, o serviço de controle aéreo oceânico também enviou seus agradecimentos a Guillermo e a Rede Peruana de Socorro. Veja abaixo um vídeo do Guillermo operando a Rede Peruana de Socorro:

Vídeo do Guillermo operando a Rede Peruana de Socorro

Esta ação reafirma o papel que os Radioamadores cumprem em situações de risco ou emergências.

Parabéns Guillermo!

Por Radio Club Peruano, OA4O
Traduzido por Alisson Teles Cavalcante, PR7GA

Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

By admin